Seguidores

terça-feira, 27 de março de 2012

INFORMATIVO


Macaíba concorre ao prêmio “Brasil Sorridente 2012”

                              
O prêmio “Brasil Sorridente” é concedido anualmente a municípios brasileiros que se destacaram na implantação de Políticas Públicas de saúde bucal. Instituído no ano de 2005 pelo Conselho Federal de Odontologia e Conselhos Regionais, o nome deste prêmio foi inspirado no programa Brasil Sorridente do governo federal, que entre 2003 e 2012 investiu cerca de 4 bilhões em ações de atenção a saúde bucal.
Neste contexto, Macaíba foi o município do Rio Grande do Norte que mais de destacou nas ações de saúde bucal na faixa populacional de 50 a 300 mil habitantes, de acordo com Conselho Regional de Odontologia- CRO-RN. Fernando Leal, Cirurgião-Dentista e presidente do Conselho Municipal de Saúde ressalta que, a 4 anos, os índices de saúde bucal no município vem melhorando consideravelmente, fazendo com que os profissionais que representam esta categoria permaneçam no hall dos melhores a nível nacional.
A premiação do concurso será um consultório completo da empresa Dabi Atlante, atualmente a melhor fabricante de equipamentos odontológicos do Brasil, além da placa como registro de homenagem.

               

quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia Mundial da Água – 22 de março de 2012
Nas próximas décadas, alimentar uma população global crescente e garantir a segurança alimentar e nutricional para todos dependerá do aumento da produção de alimentos. Esta, por sua vez, significa assegurar o uso sustentável do nosso recurso finito mais crítico – a água.O tema deste ano do Dia Mundial da Água é a água e a segurança alimentar. A agricultura é de longe a maior usuária de água potável. Se não formos capazes de usar a água com sabedoria na agricultura, falharemos em acabar com a fome e vamos abrir a porta para uma série de outros males, incluindo a seca, a fome e a instabilidade política.Em muitas partes do mundo, a escassez de água está aumentando e as taxas de crescimento da produção agrícola têm diminuído. Ao mesmo tempo, a mudança climática está agravando o risco e imprevisibilidade para os agricultores, especialmente para os agricultores pobres em países de baixa renda, que são os mais vulneráveis e os menos capazes de se adaptar.
Estes desafios interligados estão aumentando a concorrência entre as comunidades e países de escassos recursos hídricos, agravando antigos problemas de segurança, criando novas e dificultando a realização dos direitos humanos fundamentais de comida, água e saneamento. Com cerca de um bilhão de pessoas com fome e cerca de 800 milhões com falta de fornecimento seguro de água potável, há muito o que se fazer para fortalecer os alicerces da estabilidade local, nacional e global.
Garantir a alimentação sustentável e a segurança da água para todos exigirá o empenho total de todos os setores e atores. Implicará a transferência de tecnologias de apropriação de água, capacitando pequenos produtores de alimentos e conservando os serviços ambientais essenciais. Isso exigirá políticas que promovam os direitos da água para todos, uma maior capacidade reguladora e a igualdade de gênero. Os investimentos em infraestrutura de água, desenvolvimento rural e gestão de recursos da água serão essenciais.Devemos todos nos incentivar pelo interesse político renovado em segurança alimentar, como evidenciado pela alta prioridade dada a esta questão pelas agendas do G8 e G20, com ênfase na relação dos alimentos, água e energia no relatório global Painel de Sustentabilidade Global, e o número crescente de países que se comprometeram na Escalada Nutricional.Neste Dia Mundial da Água, insto todos os parceiros a utilizarem plenamente a oportunidade proporcionada pela Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20). No Rio, temos que ligar os pontos entre a segurança da água e segurança alimentar e nutricional no contexto de uma economia verde. A água vai desempenhar um papel central na criação do futuro que queremos.
Mensagem do Secretário-Geral da ONU

terça-feira, 20 de março de 2012

DIA DA ESCOLA
20 DE MARÇO





Dia da Escola
Primeiro dia de aula em sua vida! Agora você vai conhecer o que é a escola, que até então todos falavam muito, mas você só viu mesmo do lado de fora... Ansiedade?! Alegria?! Medo?! Dá até um friozinho na barriga... Mas quando você entra, vê várias crianças praticamente da mesma idade que você, uma professora que te dá um abraço logo na entrada e um espaço enorme para você aprender e brincar. Depois dessa experiência você começa a perceber que a escola será sua segunda casa, pois vai passar pelo menos metade do dia nela e com certeza sua vida vai mudar para melhor a cada dia!
Essa sensação e expectativa no primeiro dia de aula e as transformações que ocorrem em cada criança no decorrer do período escolar mostra como a escola é importante na vida de todos, por isso tem um dia só para ela: 15 de março é o Dia da Escola.
Desde a antiguidade há escolas, muitas vezes pouco parecidas com as que conhecemos hoje, como por exemplo, na Grécia Antiga onde não existia sala de aula, os alunos andavam pela cidade com seu professor que ia desenvolvendo um diálogo e ensinando os alunos ao ar livre, assim os alunos relacionavam diretamente o que aprendiam com os fatos do cotidiano e com a cultura de seu povo.
Ao longo do tempo a escola passou por várias transformações, teve um longo período em que passou a ser tradicional, inclusive aplicando castigos severos nos alunos, mas continuou suas transformações e atualmente é consenso que a escola deve ser um espaço de construção do conhecimento, tendo o professor o importante papel de mediador da aprendizagem. Também é consenso entre os educadores o fato de que as pessoas têm várias competências e habilidades diferentes, que, em algumas pessoas podem predominar mais que em outras e que a escola é o local ideal para o desenvolvê-las, por isso na grande maioria das escolas encontramos espaços de aprendizagem diferentes da sala de aula, como por exemplo, a sala de artes, onde são desenvolvidas as habilidades de desenho e pintura; a sala de música, onde se desenvolvem as habilidades relativas ao ritmo e entonação; a sala de informática, onde se aprende sobre as novas tecnologias e sobre a pesquisa através da internet, desenvolvendo a capacidade de comparação e análise de dados; na biblioteca você pode escolher livros para ler e pesquisar sobre diversos temas; na quadra de esportes acontecem as aulas de Educação Física para desenvolver habilidades psicomotoras e o parquinho é claro, local para brincar muito, desenvolvendo várias habilidades!

Escola Inclusiva
Cada vez mais torna-se necessário pensar na transformações necessárias para que a escola comece a trabalhar com a inclusão ou amplie suas formas de promovê-la. Quando falamos de inclusão estamos falando da importância de conviver com as diferenças pessoais, em qualquer âmbito e este fator está sendo um diferencial para a escola que realmente queira proporcionar o desenvolvimento de seus alunos.
Na escola inclusiva é a postura da direção e dos professores que serve de exemplo para os alunos e cria um ambiente propício à convivência interativa, ao respeito às diferenças e à convivialidade sadia. Se sua escola já começou a caminhar para isso, no dia 15 de março ela merece comemorar em dobro!
Curiosidade
O programa Educação para Todos da UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, tem como objetivo principal promover a ampliação das vagas para Educação Básica em países em desenvolvimento por considerar a educação um dos principais fatores que leva à mudanças sociais e o desenvolvimento sustentado desses países.
 
 

quinta-feira, 15 de março de 2012

MÚSICA NA ESCOLA

O QUE TRATA A LEI

A lei nº 11.769, de 18 de agosto de 2008, que determina que a música seja "conteúdo obrigatório, mas não exclusivo" do componente curricular relativo à Arte, em toda a Educação Básica, o que também consta da Lei de Diretrizes e Bases (LDB) nº 9394/1996 (Artigo 26, § 2º). Ao ensinar tal disciplina, as escolas podem trabalhar com artes visuais, teatro, dança e também a música. Isso é diferente de dizer que os alunos terão uma matéria chamada música ou um professor específico para tratar desse conteúdo. A lei nº 11.769 estabeleceu o prazo de três anos para que as redes de ensino se adaptem à nova exigência (Art. 3º). Assim, estados e municípios têm até este ano para baixar normas explicando como as escolas devem cumprir a legislação e dar detalhes sobre em que anos/séries serão incluídos os conteúdos de música, o que será abordado nas aulas e quem as irá ministrar. O documento também deve deixar claros, os critérios de qualidade, as formas de fiscalização e, eventualmente, os modos de punir os infratores. A lei enfatiza ainda a importância das regulamentações locais para garantir o espaço das expressões regionais.
 
Nas escolas, a música não deve ser necessariamente uma disciplina exclusiva. Ela pode integrar o ensino de arte, por exemplo, como explica Clélia. "A ideia é trabalhar com uma equipe multidisciplinar e, nela, ter entre os profissionais o professor de música", explica. Vale ressaltar que, de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases de 1996, só estão autorizados a lecionar na Educação Básica os professores com formação em nível superior na área em que irão atuar.
A lei nº 11.769 não especifica se todas as séries devem ter a música incluída em sua grade curricular. Noções básicas de música, dos cantos cívicos nacionais e dos sons de instrumentos de orquestra, os alunos aprendam cantos, ritmos, danças e sons de instrumentos regionais e folclóricos para, assim, conhecer a diversidade cultural do Brasil. Informações do Educar para Crescer.
 

Secretaria Municipal de Educação

  Palestra em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Uma parceria entre a Creche Municipal Professora Marliete Freire (localizada no Campo da Santa Cruz) e a Secretaria Municipal de Educação e Saúde, promoveu na manhã desta quarta-feira (08), o Dia Internacional da Mulher, presenteando as mães com a palestra “O desafio da Mulher na sociedade contemporânea” ministrada pela Psicóloga Gabriela Costa. O objetivo desta iniciativa foi inicialmente levar aos participantes a reflexão e valorização dos papéis que a mulher desempenha na atualidade. Ressaltou-se, ainda, o incentivo da participação ativa da mulher na sociedade, bem como na educação dos seus filhos, evidenciando a elevação da autoestima como fator determinante para uma melhor condição de vida.

sábado, 10 de março de 2012


A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PARABENIZA TODOS POETAS E EM ESPECIAL OS QUE ESTÃO EM SALA DE AULA E AQUI REGISTRAMOS A NOSSA AUTA DE SOUZA QUE NOS PRESENTEOU COM "HORTO" E TORNOU A NOSSA CIDADE CONHECIDA NACIONALMENTE.


Auta de Souza, altos vôos do lirismo

Mulher de vida breve, trágica, mas ungida pela poesia, uma das maiores expressões poéticas do país no século XIX, Auta de Souza nasceu em Macaíba, RN, em 1876, e faleceu em Natal, em 1901.


De família classe média, mulata, Auta teve a vida marcada pela tuberculose, que vitimou sua mãe quando ela era uma criança de três anos. A mesma doença mataria seu pai, seu avô e a avó Dindinha, que foi sua mão de criação. Auta de Souza conviveu durante dez anos com a tuberculose, mal sem cura na época, que a mataria aos 24 anos de idade.


Dois de seus irmãos, Eloy Castriciano de Souza e Henrique Castriciano de Souza, destacaram-se no cenário nacional. O primeiro foi deputado, senador e vice-governador do Estado do Rio Grande do Norte. Henrique Castriciano, poeta e

educador, foi o fundador da Escola Doméstica, uma idéia pioneira transplantada da Suíça para Nata. Auta foi educada em Recife. Estudou com as freiras da Ordem de São Vicente de Paula, onde aprendeu música, francês e entrou em contato com a obra dos grandes nomes da literatura francesa, dentre os quais Bossuet, Fénelon, Chateaubriand e Lamartine.

Viveu, sonhou, declamou em saraus, escreveu versos românticos de amor não correspondido, sofreu por paixão e pela doença que a minava. Seu primeiro e único livro, Horto, só seria publicado um ano antes de sua morte.


Em vida, publicou poemas na revista “Oásis”, nos jornais natalenses “A República” e “A Tribuna”, que reuniam os mais prestigiados poetas e escritores da época. Em 1898, participou da moção de solidariedade ao romancista francês Émile Zola, condenado à prisão por sua veemente defesa do capitão Dreyfus, julgado injustamente por traição. Quando Horto foi publicado, em 1900, Auta de Souza já era um nome nacional. Tanto que o prefácio foi escrito por Olavo Bilac, o mais famoso poeta do seu tempo.


O livro reuniu 114 poemas que confirmavam o talento misticismo, paixão romântica, lirismo. Auta dominava a forma dos sonetos tão cara aos parnasianos, de que é exemplo este terceto final de “Noites amadas”:


Ó noites claras de lua plena

Que encheis a terra de paz serena,
Como eu vos amos, noites de lua!

Considerada simbolista por Otto Maria Carpeaux, parnasiana para outros, envolta quase sempre num manto de misticismo cristão, a poesia de Auta de Souza está acima desses rótulos.

FONTE:http://www.senado.gov.br/senadores/senador/Garibaldi/souza.asp


segunda-feira, 5 de março de 2012

A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO HOMENAGEIA TODAS AS EDUCADORAS QUE INCANSAVELMENTE DEDICAM UMA PARTE DE SUAS VIDAS EM FUNÇÃO DO MELHOR EDUCAR.


SETOR DE ARTE


O Setor de Arte da Secretaria Municipal de Educação implantou no dia primeiro de março/2012 os projetos: TEATRO ESCOLAR ITINERANTE sob a coordenação do educador Antonildo Lucas e PASTORIL NA ESCOLA sob a coordenação da educadora Rosileide Maria Barbosa.

ESCOLA MUNICIPAL
Auta de Souza
Tereza Brito
Pinheiro Borges
Dayse Hall
Falcão Freire
Pedro Gomes
José Arinaldo

TEATRO ITINERANTE
OBJETIVO:
GERAL: Proporcionar a comunidade Escolar envolvida na Mostra de Teatro de 2011 o acesso a todos os espetáculos das Escolas municipais, assim sendo, transformando em Teatro Itinerante.
ESPECÍFICO: - Formação de platéia e público,
                        - Ambientar a Escola ao processo teatral,
                        - Troca de vivencias entre os grupos,
                        - Possibilitar parceria da escola com a comunidade,
                        - Valorizar o artista iniciante encontrado na Escola,
                        - Criar meios efetivos para o amparo da ação criadora no processo escolar.

CRONOGRAMA
DIA
ATIVIDADE
LOCAL
O1/03 (quinta)
Reunião com os arte educadores da Escola envolvida no projeto
Escolas
05/03(seg.) a 09(sex.)
Visita as sete Escolas
Escolas
12/03(seg.) a 30(sex.)
Ensaios dos grupos
Escolas
03/04(ter.)
a 31/07(ter.)
Mostra itinerante
Escolas
08/08(quar.) a 10(sex.)
MOSTRA DE TEATRO ESCOLAR 2012
PAX CLUB


PASTORIL NA ESCOLA 
 OBJETIVOS:

 GERAL: Criar grupos de Pastoril por escolas onde tenham vulnerabilidade social para que possa resgatar as raízes culturais e populares no mundo das danças, através da tematização das origens como forma de despertar a identidade social do aluno.



ESPECÍFICOS

  • Mostrar a origem da dança, o Pastoril.
  • Pesquisar e conhecer sua história.
  • Valorizar a importância do pastoril no processo de socialização.
  • Integrar os alunos para que tenham relevância na valorização do outro.
  • Resgatar a cultura através da dança, o Pastoril, nas escolas e comunidades da cidade de Macaíba.
  • Agregar os alunos através dos gestos e movimentos da dança;
  • Ampliar e desenvolver numa disponibilidade corporal, no sentido de aprender variadas habilidades de execução de grupo.
  • Apresentar a produção do vestuário.
  • Incentivar a comunidade, bem como a avaliação participativa.
  • Compreender a importância como suporte para expressão e comunicação.
CRONOGRAMA
DATA
ATIVIDADE
LOCAL
01/03 (quinta)
Apresentação do Projeto para os gestores das Escolas envolvidas
Escolas
12/03(seg.) a 16/03(sex.)
Visita as escolas envolvidas no Projeto para implantação.
Escolas
19/03(seg.) a 17/08(sex.)
Desenvolvimento do Projeto
Escolas
21 a 22/08
Mostra circular dos grupos parafolclóricos formado nas Escolas
PAX CLUB
?
Disposição dos grupos para eventos escolares
Em aberto

    SETOR DE ARTE


    PROPOSTA CURRICULAR ARTE